El Niño deve atingir pico em dezembro com temperaturas de 45° na Bahia

Foto: Canva

Foto: Canva

O calor na Bahia antes mesmo do verão deve piorar nas próximas semanas por conta do pico do fenômeno El Niño, que atingirá seu máximo no final de dezembro, de acordo com previsão.

El Niño é um fenômeno climático que esquenta as águas do Oceano Pacífico e ele deve durar pelo menos até o final do verão, ou seja, dezembro, janeiro e fevereiro vai esquentar mais ainda.

Neste pico, algumas cidades da Bahia podem chegar aos 45° na temperatura. Vale lembrar que o El Niño favorece as ondas de calor por bloquear as frentes frias, causando períodos com temperaturas pelo menos 5°C acima da média, por pelo menos três dias consecutivos.

De acordo com a meteorologista Cláudia Valéria, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a onda de calor na Bahia possui algumas "quebras".

Ao iBahia, ela explicou que a queda de um ou dois graus na temperatura já desclassificam como onda de calor o período, apesar de a região ainda seguir com a sensação e não existir, de fato, nenhuma melhoria.

Alerta amarelo na Bahia

O Inmet emitiu alerta amarelo, que significa "possível perigo" para uma faixa entre Minas Gerais e João Pessoa, pegando um grande trecho da Bahia.

O alerta é por conta da baixa umidade que varia entre 30% e 20 %, o início foi às 12h da segunda-feira (20) e se encerra na noite desta terça-feira (21).

As áreas afetadas no estado são Centro Sul Baiano, Vale São-Franciscano da Bahia e Nordeste Baiano, com cidades como Feira de Santana, Santo Antônio de Jesus, Jequié e Vitória da Conquista na lista.

Acompanhantes de Gyn