Santo Estêvão: Após fuga de abordagem, motorista é preso por dirigir alcoolizado e desobedecer equipe da PRF na BR 116

Os policiais só conseguiram interceptá-lo no perímetro urbano da cidade e durante a abordagem o condutor apresentou agressividade e resistiu a prisão.

Foto: PRF

Foto: PRF

A Polícia Rodoviária Federal flagrou na tarde deste domingo (13) o condutor de uma caminhonete Hilux transitando alcoolizado. A ação teve início no Km 461 da BR 116, em Santo Estevão.

Era por volta das 16h35, equipe da PRF realizava fiscaliza√ß√£o na rodovia quando visualizou o condutor do ve√≠culo quase colidir com uma motocicleta. De imediato, foi dada ordem de parada, porém o comando n√£o foi obedecido.

Com isso, iniciou-se um acompanhamento t√°tico e o condutor transitou em velocidade incompat√≠vel com as vias, sem observar as normas gerias de circula√ß√£o e conduta prudente no tr√Ęnsito, bem como desrespeitou às sinaliza√ß√Ķes dos trechos durante a fuga, colocando em risco a seguran√ßa de todos.

Os PRFs conseguiram interceptar o carro no per√≠metro urbano da cidade e durante a abordagem identificaram no motorista sinais de que havia ingerido bebida alcoólica, como dificuldade no equil√≠brio, olhos vermelhos, forte odor de √°lcool no h√°lito.

O condutor apresentou descontentamento com a a√ß√£o policial e de forma agressiva resistiu a pris√£o e mesmo após ter sido dada voz de pris√£o em flagrante delito, o homem fugiu a pé e tentou adentrar uma resid√™ncia, sendo necess√°rio o uso de algemas para cont√™-lo.

Ele se recusou a realizar o teste com o etilômetro e foi lavrado um laudo de constata√ß√£o de embriaguez.
Diante do cen√°rio, o homem foi preso em fragrante pelos crimes, em tese, de embriaguez na dire√ß√£o de ve√≠culo automotor, previsto no art. 306 da Lei n¬ļ 9.503/97 – CTB e mais os arts. 329 (resist√™ncia) e 330 (desobedi√™ncia), ambos do Código Penal, além do art. 34 da Lei de Contraven√ß√Ķes Penais (Dirigir ve√≠culo pondo em risco à seguran√ßa alheia). Ele foi encaminhado à Delegacia de Pol√≠cia Civil de Feira de Santana e apresentado à autoridade policial de plant√£o.

Em mar√ßo/2020 o condutor j√° havia sido flagrado transitando alcoolizado na regi√£o de Itaberaba. Em raz√£o de ser reincidente o valor da multa de alcoolemia é duplicado e soma quase 6.000 reais. Ademais, ocorre a penalidade administrativa que suspende ou pro√≠be o motorista de obter a habilita√ß√£o ou permiss√£o para dirigir ve√≠culo automotor por um per√≠odo de 12 meses.

A PRF alerta sobre as consequências da combinação de álcool e volante e atua no policiamento ostensivo e preventivo, sendo priorizada a fiscalização de condutas de risco como ultrapassagens proibidas, alcoolemia ao dirigir, dentre outras, com foco na redução de acidentes.