"Preocupa o padrão das reuniões ministeriais", afirma Rui sobre vídeo

Nas redes sociais, governador considerou estarrecedora 'a tentativa de intimidar e constranger a Suprema Corte

Foto: Divulgação/Secom

Foto: Divulgação/Secom

Divulgado nesta sexta-feira (22), por decis√£o do ministro do Supremo Tribunal Federal, Celso de Mello, o v√≠deo da reuni√£o ministerial de 22 de dezembro foi comentado pelo governador Rui Costa, em postagem nas redes sociais na noite desta sexta-feira (22). "Vejo o notici√°rio com perplexidade, indigna√ß√£o e tristeza. Preocupa o padr√£o das reuni√Ķes ministeriais", afirmou.

No encontro no Palácio do Planato há passagens como a do titular da pasta do Meio Ambiente, Ricardo Salles, sugerindo que se aproveitasse o foco na pandemia de Covid-19 para aprovar desregulamentação de regras ambientais e a de Paulo Guedes (Economia) considerando a China como "aquele cara que a gente tem que aguentar".

Ao finalizar sua apresenta√ß√£o, Abraham Weintraub (Educa√ß√£o) diz que, para ele, os ministros do Supremo deveriam estar presos. "É estarrecedora a tentativa de intimidar e constranger a Suprema Corte. Ninguém est√° acima da Lei. O Brasil n√£o aceita qualquer retrocesso democr√°tico e civilizatório", criticou Rui Costa.

P√°gina da Not√≠cia com informa√ß√Ķes do Bahia.ba